ALTERAÇÕES DA AUDIÇÃO E DA LINGUAGEM EM IDOSOS: REVISÃO INTEGRATIVA

Ilanna Cibele Delgado Fonseca

Resumo


Objetivo: identificar as alterações de audição e de linguagem em idosos que indiquem a necessidade de uma avaliação fonoaudiológica. Método: estudo de revisão integrativa, realizado no período de fevereiro/março de 2018, na base de dados Medline por meio do buscador PubMed, e nas bibliotecas virtuais/repositórios bibliográficos SciELO, LILACS e Science Direct, selecionados por meio de critérios pré-estabelecidos e analisados por categorias temáticas. Resultados: Foram encontrados 13 artigos que se enquadraram nos critérios estabelecidos. Os principais aspectos encontrados sobre a audição foram: relação da perda auditiva à presbiacusia ou deficiência auditiva com a comunicação levando o idoso aos comportamentos frustrantes. Quanto à linguagem, a falta ou a falha de memória, seja ela de caráter transitório ou degenerativo sendo associada ou não à perda auditiva. Conclusão: Foi possível elencar as principais características da presbiacusia e do envelhecimento da linguagem que servirão para construção do checklist que vai rastrear as alterações da audição e linguagem de idosos, por profissionais de saúde não fonoaudiólogos. Descritores: Idoso; Presbiacusia; Fonoaudiologia; Audição; Linguagem.


Texto Completo:

PDF (PT)


DOI: http://dx.doi.org/10.24902/r.riase.2019.5(1).%p

Apontamentos





ISSN 2183-6663

REVISTA INDEXADA: DOAJ| Directory of Open Access Journals