IMPACTO DA VISITA DOMICILIÁRIA DE ENFERMAGEM AO RECÉM-NASCIDO/LACTENTE /FAMÍLIA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA

Vera Branco, Maria Gabriela Calado

Resumo


Objetivo: Identificar qual o impacto da visita domiciliária ao recém-nascido/lactente/família, quando realizada por enfermeiros, na saúde e bem-estar da criança e família. Metodologia: Foi realizada uma revisão sistemática da literatura seguindo-se a metodologia do Joanna Briggs Institute, com base numa pesquisa na plataforma EBSCO, pubmed e referências bibliográficas dos artigos encontrados, com o friso cronológico 2010 e 2017. Foram incluídos estudos randomizados controlados que avaliavam o impacto da visita domiciliária de enfermagem realizada quando eram recém-nascidos/lactentes, na saúde e bem-estar da criança e família, em crianças/adolescentes/famílias.  Resultados: Foram selecionados 11 artigos, estudos randomizados controlados, 7 experimental e 4 follow -up. O processo de sistematização dos dados foi realizado com recurso a tabelas que permitiram facilitar a análise dos estudos. Foram encontrados estudos que avaliam o impacto da realização de visita domiciliária ao recém-nascido/lactente/família a curto (2) e longo (9) prazo, desenvolvidos com grande heterogeneidade na intervenção da visita domiciliária realizada e impactos avaliados, mas os resultados evidenciam ganhos na saúde e bem-estar das crianças e famílias. Conclusões: Evidencia-se com os resultados encontrados que a visita domiciliária de ao recém-nascido/lactente/família, realizada por enfermeiros, tem impacto positivo na saúde e bem-estar de criança e família. Descritores: Visita domiciliária de enfermagem; recém-nascido/lactente/família; saúde e bem-estar da criança/família; revisão Sistemática da literatura.


Texto Completo:

PDF (PT) PDF (EN) (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.24902/r.riase.2018.4(1).1341

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2183-6663

REVISTA INDEXADA: DOAJ| Directory of Open Access Journals