A AMAMENTAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE ALÍVIO DA DOR NO LACTENTE: REVISÃO SISTEMÁTIVA

Neuza Marta Sanches Ameixa Alves, Maria Antónia Fernandes Caeiro Chora

Resumo


A dor apresenta repercussões negativas no lactente, pelo que é crucial perceber a eficácia das estratégias não farmacológicas de alívio da dor, como é o caso da amamentação. Objetivo: A v aliar a eficácia da amamentação como estratégia de alívio da dor no lactente. Métodos: Pesquisa realizada na plataforma EBSCO e B-on, utilizando os descritores em Ciências da Saúde na língua inglesa: infant, pain management, breastfeedeing, com recurso à interseção entre os mesmos através do operador boleano “and”. Tendo em conta os delimitadores de pesquisa e os critérios de inclusão e exclusão, obteve-se uma amostra de 4 artigos. Resultados: Os lactentes sujeitos a amamentação experienciaram menor dor, comparativamente aos lactentes que apenas estavam ao colo da mãe, aos lactentes sujeitos à administração de um substituto do leite materno ou aos lactentes sujeitos à aplicação de massagem terapêutica, no entanto, relativamente aos lactentes sujeitos à administração de solução oral de dextrose a 25%, a experiência de dor foi idêntica. Conclusões: Os estudos analisados são unânimes nos seus resultados, considerando a amamentação como uma estratégia eficaz no alívio da dor no lactente. Descritores: Lactente; gestão da dor; amamentação.


Texto Completo:

PDF PT PDF (EN) (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.24902/r.riase.2018.4(2).1431

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2183-6663

REVISTA INDEXADA: DOAJ| Directory of Open Access Journals