DESENVOLVIMENTO E VALIDAÇÃO DA ESCALA DE AVALIAÇÃO DO RISCO DE VIOLÊNCIA PARA IDOSOS (EARVI)

Flávia Danielli Martins Lima, Manuel José Lopes, Tiago Jessé Souza Lima

Resumo


Objetivo: o presente estudo teve por objetivo o desenvolvimento e a obtenção de evidências de validade e precisão da Escala de Avaliação do Risco de Violência para Idosos (EARVI). Método: Trata-se de um estudo metodológico, de corte transversal, no qual participaram 228 idosos com 65 ou mais anos, residentes de três regiões de Portugal. Resultado: Na análise fatorial, o instrumento apresentou evidências satisfatórias de validade e precisão, resultando na retenção de 21 itens que se agruparam em quatro fatores: confiança/segurança nas relações próximas, isolamento social, dependência funcional e segurança financeira. O alfa de Cronbach para a escala total foi de 0,74. A EARVI apresentou boa precisão, com índice de Youden de 0,77 e sensibilidade e especificidade de 88%. Conclusão: A EARVI poderá ser uma ferramenta útil na identificação de idosos em risco de violência, auxiliando na tomada de decisão por profissionais de saúde. No entanto, se faz necessário que o instrumento seja replicado em amostras mais amplas de idosos, incluindo outros contextos e localidades, de modo a comprovar a estrutura fatorial obtida na escala.


Texto Completo:

PDF PT PDF (EN) (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.24902/r.riase.2018.4(1).1241

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2183-6663

REVISTA INDEXADA: DOAJ| Directory of Open Access Journals