Uma análise lexicométrica dos documentos oficiais sobre a cooperação transfronteiriça Espanha-Portugal

Carlos Alberto da Silva, Maria da Saudade Baltazar, José Manuel Leal Saragoça, António Abrantes, Tânia Filipa da Silva, Marcos Olímpio dos Santos, Natércia Silva, Domingos Afonso Braga, Maria Graça Palula Viegas

Resumo


No presente artigo, apresentamos uma análise do discurso produzido nos documentos oficiais sobre a Raia Ibérica (Espanha e Portugal), tomando como referência um corpus constituído por textos (conteúdos) dos diferentes programas comunitários do INTERREG e suas diretrizes para os programas operativos, Portugal e Espanha. Para apoiar esta análise, recorremos ao tratamento lexical dos textos através do software Iramuteq, cujos resultados permitiram colocar em evidência, os núcleos de sentido que sustentam as estratégias discursivas utilizadas nos documentos políticos para a maximização da importância do sistema ideológico da cooperação transfronteiriça. Os principais resultados da análise lexicométrica permitiram colocar em evidência dois pólos do sistema ideológico da cooperação transfronteiriça Espanha-Portugal, em geral, e da Euroregião EuroACE, em particular, sendo um marcado pela visão duma utopia generosa dum mundo “sem fronteiras”, e por outro lado, a presença duma lógica ideológica locaísta e regionalista fundada pela dinamização de jogos de poder dos atores coletivos, que, em última instância, converte a ideologia da cooperação transfronteiriça num veículo para instrumentalizar o acesso a mecanismos financeiros ou institucionais. Em suma, falar de cooperação transfronteiriça não esvazia a noção de fronteira estatal e espacial formalmente definida, antes porém, reforça a omnipresença da ideia de uma fronteira dependente de lógicas exógenas, com impactos de ordem diversa no campo social, cultural e político.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN impresso: 2183-9220   |   ISSN eletrónico: 2184-2647

Revista Indexada no Diretório e Catálogo  do Latindex com o Folio n.º  26777

 Apoios:
CICS.NOVA

Com a colaboração técnica dos Serviços de Informática da Universidade de Évora