Desenvolvimento sustentável: revisita ao conceito e processo

Filipa Isabel Vilarinho Ganilho

Resumo


O Desenvolvimento Sustentável (DS), enquanto conceito complexo, abrangente e sem limites claramente definidos, tem sido, de há alguns anos para cá, uma área que suscitou particular interesse científico, explorada não só na perspectiva ambiental como socio-económica, particularmente aprofundada e trabalhada por disciplinas como a Ecologia, Agronomia, Urbanismo, Sociologia e Economia entre outras. Para tal contribuiu, sem dúvida, a crescente consciencialização de que uma gestão coerente e planificada de recursos é condição necessária para a perpetuação e optimização dos mesmos para as gerações vindouras (Machado et al, 2002). De relevar que a abordagem do Desenvolvimento Sustentável, enquanto processo, pressupõe uma articulação de esforços multissectoriais, que nem sempre é fácil de operacionalizar.

É apresentado no presente artigo uma reconstrução dum extracto da minha tese de mestrado em Intervenção Sócio-Organizacional na Saúde, intitulada “A organização hospitalar no contexto de desenvolvimento ambiental sustentável: o caso do Hospital do Litoral Alentejano”. Embora realizado há alguns anos, apresento uma reconstrução da minha reflexão sobre o tema, abordando os traços gerais das perspectivas de Desenvolvimento Sustentável, enquanto conceito e processo, relevando ainda que de forma sumária, a sua ressonância nas dimensões internacional e nacional, até à primeira metade da década de 2010.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN impresso: 2183-9220   |  ISSN eletrónico: 2184-2647



Apoios:

Com a colaboração técnica dos Serviços de Informática da Universidade de Évora